Rallye do sol chega a sua 24ª edição com novidades

397
Rallye do sol chega a sua 24ª edição com novidades

A largada será em benevides, e a chegada, na Orla do Maçarico, em Salinas. | Foto: Ney Marcondes/Arquivo

O evento, que já é tradicional no estado do Pará, será realizado neste sábado (31).

O Rallye do Sol, tradicional evento off road do verão paraense, contará com mais uma edição diferenciada nesta temporada, para a alegria dos adeptos de adrenalina e velocidade. Pelo 24º ano, o Rallye do Sol inicia as suas atividades no Estado do Pará com uma programação que, assim como na pista, transita entre a teoria e a prática, na busca pelo melhor desenvolvimento dos pilotos com os seus veículos em percursos alternativos de Belém até Salinas, conforme já tem se credenciado a competição na região Norte.

Com início na noite de hoje (29), às 19h30, no auditório da RBATV/Diário do Pará, com workshop e seminários para a instrução do passo a passo para os participantes, a corrida será realizada neste sábado (31), a partir das 8h e 9h, para motos e carros/quadriciclos, respectivamente, de forma competitiva e estruturada, de acordo com o planejado pelos organizadores do evento.

Com 200 participantes confirmados, chama a atenção a categoria motos, na divisão dos Novatos, que reúne o maior número de inscritos para esta edição, com mais de 70 registros. Para o presidente da Federação Paraense de Automobilismo (Fepauto), Antônio Neto, o Rallye do Sol agrupa fatores importantes para um evento de alto nível.

“A expectativa é a melhor possível, com pilotos que reúnem uma geração importante e que demonstram a paixão pelo esporte. Nós estamos com pilotos vindo do Maranhão, equipes inteiras de carros especiais vindo de Fortaleza, de Marabá, Rondon do Pará, Dom Eliseu, Parauapebas, Altamira. Ou seja, um congraçamento que tem reunido equipes do Pará inteiro e de alguns estados, principalmente de Fortaleza, onde se reúnem mais carros de off road”, explicou.

Como forma de modernização e de se manter antenado nos avanços do esporte, Antônio Neto falou sobre novidades. “Neste ano, de forma experimental, homologatório, está vindo a categoria de motos big trail, com motos enormes como as que são usadas no Rally Paris-Dakar, o mais longo do mundo, e vão em forma de comboio ao partir de Igarapé-Açu”, adiantou.

Antônio Neto abordou a necessidade de os pilotos marcarem presença no workshop desta noite para se aprofundarem no desafio automobilístico deste final de semana. “É fundamental para o pessoal aprender, a navegar. Serão dicas e orientações não só de manuseio, mas dos locais, com macetes para se saírem bem, especialmente os que ainda não reúnem bastante experiência”, falou.

CORRIDA

A largada será na Prefeitura de Benevides e com a chegada na Orla do Maçarico, em Salinas, desse modo, a Fepauto detalhou o sistema de trajeto ao frisar, também, a importância dos envolvidos. “O percurso Belém-Salinas é totalmente alternativo, passando por mais de 40 municípios, localidades e vilarejos. Serão 50 carros, 20 quadriciclos e 130 motos participantes, ou seja, 200 participantes confirmados. É com muita satisfação poder manter essa tradição. O Grupo RBA abraçou o Rallye do Sol, e fica o nosso agradecimento, assim como a Prefeitura de Benevides e a todos os órgãos de segurança”, ponderou Antônio Neto.

 

RESPONDER COMENTÁRIO