Salinas e Mosqueiro lideram as solicitações de exames periciais durante a Operação Verão 2021

341
Salinas e Mosqueiro lideram as solicitações de exames periciais durante a Operação Verão 2021

Segundo o CPC Renato Chaves, o aumento foi de 12 solicitações em relação ao segundo final de semana de julho, aumento equivalente a 32%

O terceiro boletim de atividades operacionais do Centro de Perícias Renato Chaves (CPCRC), na Operação Verão 2021, registrou 49 novas solicitações de exames periciais. A ação dos peritos atendeu as demandas dos órgãos de segurança, relativo às apreensões de combate à criminalidade nos balneários e praias, em benefício aos veranistas.

Do número total de perícias no último final de semana, 24 são referentes aos exames do Instituto Médico Legal (IML), ou 18 procedimentos de lesão corporal, quatro de necropsia e dois de sexologia. Já para o Instituto de Criminalística (IC) foram enviadas 25 solicitações, entre as quais dez exames para drogas de abuso, cinco para perícia de balística, três de local de crime e quatro perícias veiculares.

Salinópolis foi o município que mais foi atendido pela perícia, com 22 solicitações. Na sequência, aparece Mosqueiro, distrito de Belém, com 18, e Salvaterra, Marudá e Cametá somaram nove solicitações de perícia. 

Os números do balanço apontam um acréscimo de 12 solicitações em relação ao segundo final de semana da Operação, quando a perícia foi acionada 37 vezes, o equivalente a 32% de aumento.

Desde o início de julho, o CPC tem atendido às solicitações das polícias Civil e Militar para emissão de laudos técnicos periciais. Coordenada pela Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social (Segup), a Operação Verão visa a oferecer mais segurança em praias e balneários no veraneio.

Por Alexandre Cunha (CPC)

RESPONDER COMENTÁRIO