Balanço da segurança pública mostra queda nos índices de criminalidade

259
Balanço da segurança pública mostra queda nos índices de criminalidade

No terceiro final de semana de julho, a ação integrada e o uso de tecnologia resultaram em mais de 8 mil abordagens e 120 prisões

A Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social (Segup) apresentou nesta segunda-feira (19) o balanço parcial do terceiro final de semana de julho (dias 16 a 18) da Operação Verão 2021, realizada desde o início do mês em mais de 40 localidades. O reforço do efetivo, com o emprego de mais de 3 mil profissionais de segurança pública, resulta em quedas consideráveis nos números de ocorrências em relação a anos anteriores.

Segundo o relatório apresentado pela Secretaria Adjunta de Inteligência e Análise Criminal (Siac), vinculada à Segup, este último final de semana, em comparação aos anos anteriores, apresentou redução na criminalidade. O índice de CVLI (Crimes Violentos Letais Intencionais), que reúne homicídio, latrocínio e lesão corporal seguida de morte, caiu em 38% em todo o Estado, em relação ao mesmo período de 2019. Também em comparação a 2019, ano antes da pandemia, os índices de roubo e tráfico de drogas também caíram 65% e 36%, respectivamente.

Integração e estratégias – Na avaliação do secretário adjunto de Operações da Segup, coronel PM Alexandre Mascarenhas, a redução é fruto da integração do sistema público de segurança e a utilização de estratégias bem definidas. “Apesar do número de veranistas e turistas ter aumentado no decorrer da passagem dos finais de semana, o sistema de segurança pública e os órgãos parceiros, com a sua atuação integrada, têm conseguido diminuir os números. Isso tem demonstrado que a integração das forças do sistema de segurança pública, aliada ao uso de inteligência artificial, da tecnologia a favor do sistema, mostra resultados e tem dado maior segurança pra sociedade paraense e os turistas de outros estados, que vêm para conhecer os nossos pontos turísticos”, destacou o coronel.

O secretário adjunto informou ainda que “toda semana fazemos uma reunião após o final de semana, em que todos os órgãos que compõem o sistema de segurança pública e os órgãos parceiros avaliam os números e traçam os ajustes que forem necessários. A partir destas adequações, buscamos reduzir ainda mais os números e trazer mais segurança pra sociedade”.

Produtividade – As ações realizadas pelos órgãos policiais e de defesa social alimentaram o Sistema Argos, que reúne e consolida a produtividade de cada órgão. Da última sexta-feira (16), até o último domingo (18), foram registradas, no Estado, 8.488 abordagens a transeuntes e 2.878 a veículos, além de efetuadas 126 prisões e 131 apreensões e fiscalizações.

Agentes do Corpo de Bombeiros Militar e da Defesa Civil registraram 89 acidentes por animais aquáticos; 14 afogamentos; 167 atendimentos pré-hospitalares e a localização de 33 crianças. Também foram reforçadas as recomendações sanitárias para conter a Covid-19, com orientações para 7.232 pessoas nos balneários, além da distribuição de 1.099 pulseiras de identificação para crianças.

O Centro de Perícias Científicas Renato Chaves realizou cinco exames de balística; sete de perícia veicular e duas remoções para necropsia. Foram arbitradas 36 fianças por agentes da Polícia Civil e 38 fianças por alcoolemia, arbitradas por equipes do Departamento de Trânsito do Estado (Detran). Os agentes também fizeram cinco intimações e cumpriram três mandados de prisão. (Texto: André Macedo – Ascom/Segup).

Por Governo do Pará (SECOM)

RESPONDER COMENTÁRIO