Manchas de óleo na praia do Atalaia serão investigadas pela Marinha

627
Manchas de óleo na praia do Atalaia serão investigadas pela Marinha

Sobrevoo realizado pelo Governo do Estado passou por Salinas há uma semana (Jader Paes / Agência Pará)

A princípio, não se pode afirmar que o material encontrado tem qualquer relação com as ocorrências do litoral do nordeste

Pequenas manchas de óleo foram detectadas na praia do Atalaia, no município de Salinópolis, litoral nordeste do Pará. A princípio, não se pode afirmar que o material encontrado tem qualquer relação com as ocorrências do litoral do nordeste. A informação foi confirmada na noite deste sábado (02), pela Marinha do Brasil, por intermédio do Comando do 4º Distrito Naval (Com4ºDN), que garantiu, em nota, que será procedido o envio do material recolhido para análise. 

Confira a nota completa:  

A Marinha do Brasil, por intermédio do Comando do 4º Distrito Naval (Com4ºDN), informa que foi recebida informação por parte de técnicos do Instituto de Desenvolvimento Florestal e da Biodiversidade do Estado do Pará (Ideflor-bio), sobre o aparecimento de pequenas manchas de óleo na praia do Atalaia no município de Salinópolis-PA.

A princípio, não se pode afirmar que o material encontrado tem qualquer relação com as ocorrências do litoral do nordeste. Será procedido o envio do material recolhido para análise. Foi enviada ao local uma equipe da Capitania dos Portos da Amazônia Oriental (CPAOR) com o objetivo de coletar as amostras e ampliar as informações levantadas para enviar ao Grupo de Avaliação e Acompanhamento (GAA), formado pela Marinha do Brasil (MB), Agência Nacional de Petróleo (ANP) e Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA).

A primeira fase da “Operação Amazônia Azul – Mar limpo é vida” já está em curso na área de Jurisdição do Comando do 4º Distrito Naval, que engloba os estados do Pará, Maranhão, Piauí e Amapá, e a Marinha do Brasil junto com as outras forças armadas, órgãos e agências ambientais e demais instituições envolvidas estão unidos com objetivo principal de preservação das áreas marítimas atingidas e monitoramento constante das Águas Jurisdicionais Brasileiras.

A Marinha do Brasil conclama a sociedade a participar ativamente nesse esforço de fiscalização, informando qualquer situação correlata, por meio do Disque Emergências Marítimas e Fluviais: 185.

Fonte : oliberal

RESPONDER COMENTÁRIO