Com lançamento polêmico, Gaby Amarantos é ‘barrada’ em programas televisivos

2461
Com lançamento polêmico, Gaby Amarantos é 'barrada' em programas televisivos

‘Acho uma hipocrisia estranha que tem no nosso país’, desabafou a cantora

Lançada recentemente, a polêmica “Xanalá”, música de Gaby Amarantos em parceria com Duda Beat, parece estar longe de emplacar na televisão. Ao contrário da aceitação na internet, a canção que ressalta o órgão sexual e prazer feminino vem sendo “barrada” nos programas televisivos.

Foi a própria Gaby Amarantos que tocou no assunto, durante a apresentação com Seu Jorge, no Prêmio Multishow 2019. “O Brasil precisa desse protagonismo da xana”, iniciou a jurunense. “Da gente falar da raba, mas falar da xana também. A gente precisa falar do prazer feminino. Xanalá é uma música de prazer. Por que esse assunto é tão tabu ainda na nossa sociedade?”, continuou a artista.

“Nenhum programa de TV me chamou para cantar Xanalá. A gente tem que acabar com esse tabu. Estamos falando do nosso prazer de uma forma divertida, poética, com um clipe lindo para as mulheres se olharem e falarem: ‘Essa aqui é a minha xana, a minha é aquela outra ali’. Se sentir representada”, defendeu.

“Como tem essa questão de ter um palavrãozinho, tem a questão de horário. Acho uma hipocrisia estranha que tem no nosso país”, prosseguiu a artista falando sobre alguns termos usados na música, como as palavras “xana”, “xibiu” e “fode”, por exemplo.

“A música está super bem colocada, mas se tem um palavrãozinho na música, a TV não chama. O funk também sofre com isso. A nossa música não está falando de pornografia, está falando de uma questão importante”, disse.

“Espero poder levar essa música cada vez mais longe para que todo mundo possa entender que o prazer feminino é importante. Gozar é importante”, declarou.

Lançada no último dia 9 de outubro, a produção já ultrapassa as 600 mil visualizações no Youtube. Confira:

 

RESPONDER COMENTÁRIO