Acidente com animais marinhos lideram ocorrências durante Operação Verão em Salinópolis

266
Acidente com animais marinhos lideram ocorrências durante Operação Verão em Salinópolis

Até às 12h deste domingo, 34 acidentes foram contabilizados

Acidentes com pequenos animais marítimos, a exemplo de peixes bagre e águas-vivas, lideram o ranking de ocorrências da Operação Verão do Corpo de Bombeiros, em Salinas. Até o meio dia deste domingo, 14, foram contabilizados 34 acidentes, considerando o início da operação no primeiro fim de semana deste mês, no dia 6 de julho. “Ainda não registramos nenhum acidente com arraia”, frisa o capitão Diego Cunha, chefe do comando da operação em Salinópolis.

O capitão informa ainda que, no mesmo período, o Corpo de Bombeiros contabilizou 18 casos de pessoas perdidas, sendo 14 destas crianças. Para prevenir esse tipo de ocorrência foram planejadas ações de prevenção e orientação em parceria com a Defesa Civil. Foram confeccionadas 30 mil fitas de identificação para serem colocadas nos braços das crianças e facilitarem na hora de encontrar os responsáveis.

Foram registrados também três acidentes com objetos cortantes, como garrafas e latas de alumínio; dois acidentes com pipa, com linha encarada; uma luxação e uma escoriação, resultadas de contato com rochas.

Não houve nenhum afogamento até o meio dia deste domingo, no entanto, foram realizados  dois resgates em meio líquido. Um acidente só pode ser classificado como afogamento quando a vítima aspira líquido, o que não foi o caso das ocorrências.

Simulações de resgate, com uso de helicóptero, foram feitas pela Secretaria de Segurança Pública (Segup), também durante o fim de semana, para garantir o preparo dos agentes quando uma situação real fosse confrontada.”Simulamos uma situação em que uma pessoa entra no mar, se afasta da margem e, em razão de um mau súbito ou de uma cãibra, não consegue retornar. Essa é uma ação integrada da Segup com diversos órgãos de segurança, como o Corpo de Bombeiros”, informou o major Souza Lima, comandante da aeronave utilizada na operação realizada neste sábado, 13.

Simulação de resgate com cestoSimulação de resgate com cesto (Ivan Duarte / O Liberal)

Também até o meio dia deste domingo, a Delegacia de Polícia de Salinas classificou como tranquilo o segundo fim de semana de julho no município. “Tivemos um acidente com óbito. De resto, apenas uma situação de desacato de autoridade com poluição sonora e três casos enquadrados na Lei Seca. Também tivemos poucas ocorrências de roubo e furto”, assegura a delegada Daniele Maria.

O Liberal

RESPONDER COMENTÁRIO