Eleitos no Pará serão diplomados nesta terça-feira (18)

121
Eleitos no Pará serão diplomados nesta terça-feira (18)
São 62 candidatos que venceram as eleições de outubro e recebem títulos do TRE-PA, em cerimônia realizada no Hangar, em Belém. (Foto: Reprodução)

Serão diplomados hoje (18), pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PA), os 62 candidatos eleitos este ano para governador, vice-governador, senadores, deputados federais e deputados estaduais, além de suplentes, que venceram as Eleições Gerais 2018, em outubro. A cerimônia será no Hangar Centro de Convenções da Amazônia e começa às 18h. Pela legislação brasileira, a diplomação confirma que os eleitos cumpriram todas as formalidades previstas e estão aptos a assumir seus respectivos cargos, no dia 1º de janeiro, no caso do governador e vice, enquanto deputados e senadores assumem em 1º de fevereiro.

Helder Barbalho (MDB) e Lúcio Vale (PR) serão diplomados governador e vice-governador, respectivamente. Jader Barbalho (MDB) e Zequinha Marinho (PSC) recebem os diplomas que os levarão ao Senado Federal. Após a diplomação na capital, Helder e Vale estarão no dia 31 de dezembro na celebração religiosa com uma missa em Ação de Graças, celebrada pelo Arcebispo da capital, Dom Alberto Taveira, às 10h, na Catedral Metropolitana de Belém. Já no dia 1º de janeiro às 9h, acontece a posse oficial na Assembleia Legislativa do Pará (Alepa), e às 10h, será realizada a transmissão da Faixa Governamental, com cerimônia oficial em frente ao Museu Histórico do Pará, Palácio Lauro Sodré.

INTERIOR

Além da capital, governador e vice estarão em duas solenidades simbólicas de posse a serem realizadas ainda no dia 1º em Marabá, às 15h, e em Santarém, às 18h30. É o compromisso assumido por Helder Barbalho de estar presente em todo o Estado, que o elegeu governador com 55,43% dos votos. “Temos a responsabilidade de, daqui para frente, cuidar deste Estado, cuidar de milhões de paraenses, e fazer com que a esperança do nosso povo se transforme em obras, serviços e qualidade de vida. É um novo tempo para o Pará. Tempo de mudança. Tempo de presença”, declarou o novo governador.

Fonte: DOL

RESPONDER COMENTÁRIO