Prefeito de São João de Pirabas é alvo investigação sobre nepotismo

204
Prefeito de São João de Pirabas é alvo investigação sobre nepotismo

Como punição, o MPPA requer o pagamento de uma multa de cerca de R$ 400 mil e a exoneração imediata dos envolvidos.

O atual prefeito de São João de Pirabas é alvo de uma ação civil pública do Ministério Público do Pará (MPPA) por atos de improbidade administrativa durante a gestão. De acordo com o processo, ajuizado nesta quarta-feria (12) o prefeito é acusado de praticar nepotismo durante os últimos anos de mandado.

De acordo com a ação, o prefeito teria nomeado ceca de sete parentes para cargos públicos da gestão municipal. Entre eles estão a esposa, o filho e mais três irmãos. Ainda segundo o proceso, a prática é uma violação à constituição federal, que impede a nomeação de qualquer parente, até terceiro grau, para qualquer cargo na administração pública. Em defesa , o prefeito afirma que a lei não se aplica para cargos públicos de natureza política.

Como punição, o MPPA requer a indisponibilidade de bens das pessoas envolvidas para o pagamento de uma multa no valor R$425 mil. A ação também pede a exoneração imediata de todos os reus, sob pena de afastamento do prefeito do cargo.

Por G1 PA — Belém

RESPONDER COMENTÁRIO