Veículos devem ser proibidos de transitar nas praias?

71
Veículos devem ser proibidos de transitar nas praias?

Entra ano, sai ano, um comportamento curioso de algumas pessoas cria polêmica e divide opiniões em julho: a presença, em geral massiva, de veículos na praia do Atalaia, em Salinas, região nordeste do Estado.

Para alguns, isto é apenas um aspecto cultural que envolve maior comodidade e conforto para as pessoas que vão até a praia de carro e que assim podem continuar próximas dos veículos e consumir o que levam, o que não raramente são bebidas alcóolicas ao longo do dia.

Para outros, no entanto, o comportamento é totalmente condenável, já que oferece riscos de acidentes a outras pessoas que estão no local e pode causar outros transtornos, como aumento da quantidade de lixo e poluição.

O receio não é aleatório. Em abril de 2014, a jovem Paula Gemaque, se envolveu em um acidente entre um quadriciclo e um carro particular. Paula estava de carona no quadriciclo quando os dois veículos colidiram. Ela sofreu fratura exposta de tíbia e fíbula direita, com perda de massa muscular e pele. A jovem teve a perna amputada.

No último fim de semana, outra imagem que é comum no Atalaia voltou a circular na imprensa e nas redes sociais: um veículo particular ficou à deriva após ser arrastado pela maré.

A questão reacendeu mais ainda a polêmica e discussões sobre o caso: enquanto para alguns o condutor foi apenas vítima da natureza. Para outros o veículo nem ao menos devia estar lá na praia, local para pessoas e não automóveis.

E você, o que acha da questão? Os veículos devem continuar liberados para circular na praia ou deveriam ser impedidos?

Deixe seu comentário e sua opinião!

 

(DOL)

RESPONDER COMENTÁRIO