PARA QEM AMA COMER “FILHOTE”

907
PARA QEM AMA COMER

Alguns moradores que praticavam pesca no igarapé Bahia, que faz divisa entre as cidades de Epitaciolândia e Cobija (Bolívia), resolveram fazer uma para complementar o almoço nesta segunda-feira, dia12.
Segundo foi apurado, a pesca foi bem produtiva após capturar vários tipos de peixe como; Mandim, Bodô e Pirananbu, este último também conhecido como Piraíba, Filhote, Piratinga e “Urubu dágua”, por comer quase de tudo que encontra nos rios e igarapés. Segundo pesquisas e registros, na fase adulta pode pesar até 150kg e ultrapassar os dois metros de comprimento.
Em um dos peixes pescados, um pirananbu de aproximadamente 40 cm, os pescadores tiveram uma surpresa um tanto assustadora quando resolveram fazer limpeza retirando suas vísceras.
Dentro, havia uma pequena mão sendo digerida. Pelo o que se pode registrar, o bebê poderia estar entre oito meses a um ano de vida, já que mostrava até as unhas dos dedos.
O caso foi comunicado na delegacia de Epitaciolândia no Acre e está sendo investigado pelo delegado titular da mesma, Dr. Sérgio Lopes, que já pediu uma varredura de 1000 metros em ambos os lados realizado pelos bombeiros, mas nada foi encontrado.
O peixe pirananbu é considerado nômade, pois migra para qualquer lado onde possa achar algo para comer. Como o igarapé Bahia deságua no Rio Acre, pode ter vindo de qualquer lugar. Uma vistoria no hospital e postos de saúde da fronteira será feita para tentar encontrar algo.
No final de 2008, no mesmo igarapé foi encontrado outro feto que foi jogado pela mãe que havia acabado de dar a luz. Como também faz divisa com a Bolívia e tem muitas aldeias indígenas nas margens do Rio Acre, talvez será difícil encontrar a mãe e/ou solucionar o caso.
A mão será enviada para o IML na capital, distante 245 km, para um analise completa e verificar se foi cortada e depois jogada no igarapé ou Rio Acre.

FONTE: prtatu.blogspot.com.br

RESPONDER COMENTÁRIO