Onze municípios são contemplados em programa federal

224
Onze municípios são contemplados em programa federal
Os municípios de Altamira, Barcarena, Belém, Bragança, Itaituba, Marabá, Oriximiná, Paragominas, Salinópolis, Santarém e Xinguara foram contemplados com vagas para cursos de qualificação profissional do MedioTec, nova modalidade do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), do Governo Federal, que formará técnicos de nível médio também na área do turismo. A Secretaria de Estado de Turismo (Setur), por meio da Diretoria de Políticas em Turismo (DPOT), demandou os cursos a serem realizados no Pará, com objetivo de atender o mercado local. O Ministério do Turismo (Mtur) aprovou as indicações feitas pelo Estado. Na foto, o ministro do Turismo, Marx Beltrão. FOTO: GUSTAVO MESSINA/ ASCOM MTUR DATA: 28.03.2017

O ministro do Turismo, Marx Beltrão, disse que o programa permitirá ao jovem sair do ensino médio com uma profissão

Os municípios de Altamira, Barcarena, Belém, Bragança, Itaituba, Marabá, Oriximiná, Paragominas, Salinópolis, Santarém e Xinguara foram contemplados com vagas para cursos de qualificação profissional do MedioTec, nova modalidade do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), do Governo Federal, que formará técnicos de nível médio também na área do turismo. A Secretaria de Estado de Turismo (Setur), por meio da Diretoria de Políticas em Turismo (DPOT), demandou os cursos a serem realizados no Pará, com objetivo de atender o mercado local. O Ministério do Turismo (Mtur) aprovou as indicações feitas pelo Estado.

Ao todo, o MTur abrirá 10 mil vagas para estudantes de escolas públicas de 18 estados de todas as regiões brasileiras. Na região Norte, seis estados apresentaram demandas as 1.505 vagas ofertadas pelo MTur. As vagas serão distribuídas entre municípios dos estados do Acre, Amazonas, Amapá, Pará, Roraima e Tocantins. A previsão é que as aulas comecem em agosto de 2017.

“Com este programa, o jovem sairá do ensino médio com uma profissão e terá condições de concorrer a uma vaga no mercado de trabalho do turismo. É um grande avanço, pois é um caminho para resolver um dos principais gargalos ao desenvolvimento do setor, que é a carência de pessoal qualificado”, avalia o ministro do Turismo, Marx Beltrão.

O MedioTec vai oferecer sete cursos (técnico em agenciamento de viagens, cozinha, eventos, guia de turismo, hospedagem, lazer, restaurante e bar) nos eixos turismo, hospitalidade e lazer para estudantes que estejam preferencialmente cursando o 2º ano do ensino médio. O jovem terá aulas sobre processos de recepção, viagens, eventos, gastronomia, serviços de alimentação e bebidas e entretenimento.

Mapa do Turismo Brasileiro – A definição da oferta levou em conta a demanda apresentada pelo estado e a capacidade de atendimento do programa. Um dos pré-requisitos para seleção dos municípios contemplados é que estes estejam enquadrados nas categorias A, B ou C do Mapa do Turismo Brasileiro. O mapa, ferramenta de gestão do MTur, conta com 2.175 municípios, organizados em 291 regiões turísticas de todo o país. Os cursos são presenciais, em horários diferentes dos cursos regulares do ensino médio, e serão ministrados por entidades cadastradas pelo Ministério da Educação.

A Setur tem realizado oficinas de mobilização com representantes de vários municípios para adesão ao Mapa do Turismo Brasileiro, como parte do Programa de Regionalização do Turismo. O PRT trabalha o fortalecimento da gestão de forma integrada, não apenas com um município isolado, mas com toda a região. A secretaria já realizou oficinas em Belém, Santarém, Marabá e, nesta terça-feira (28), em Castanhal.

O objetivo é fazer o turista permanecer mais tempo nas cidades, a partir de uma rede de atrativos e serviços ofertados pelos municípios. O objetivo principal é apoiar a estruturação dos destinos, a gestão e a promoção do turismo no País, com vistas à promoção do desenvolvimento regional, tendo no Mapa do Turismo a visualização das áreas que deverão ser beneficiadas por essas políticas públicas. A meta do Pará este ano é incluir 80 municípios no Mapa do Turismo, dentre os seis polos turísticos do Estado (Belém, Amazônia Atlântica, Araguaia-Tocantins, Marajó, Tapajós e Xingu) – 15 a mais na comparação com os 65 selecionados em 2016.

“É o resultado da implantação de um planejamento no Estado, não apenas da gestão pública, mas também do empresariado, na compreensão pela sociedade do turismo como atividade econômica. Este processo entende a atividade turística como um dos vetores de desenvolvimento. A Setur se relaciona com os municípios, que por sua vez fazem o credenciamento e assinam um termo de compromisso, contemplando vários itens, como estrutura organizacional, dotação orçamentária, a existência de Conselho Municipal de Turismo, a participação em instâncias de governanças e nos fóruns, a elaboração de inventário da oferta turística, calendários de eventos, dentre outros aspectos relevantes”, enfatiza o secretário de Estado de Turismo, Adenauer Góes.

(Com informações do MTur)

Por Israel Pegado

RESPONDER COMENTÁRIO