Operação das Polícias Civil e Militar tiram 6 criminosos de circulação em Salinópolis.

335

Seis criminosos presos em flagrante em 3 dias na cidade de Salinópolis

 

Presos

Presos

Uma operação conjunta das Polícias Civil e Militar resultou, nos últimos três dias, nas prisões em flagrante de seis pessoas envolvidas nos crimes de tentativa de latrocínio, roubo, tráfico de drogas e furto, em Salinópolis, nordeste do Pará. O balanço da operação foi divulgado nesta segunda-feira, 10. Com a participação do major Paulo Sérgio, tenente Raiol, delegado Saullo Patrício, investigadores Evandro Ribeiro e Evandro Carlos, e escrivães Inaldo Serrão e Davi Eliezer, a ação policial reprimiu diversas atividades criminosas, com objetivo de reduzir os índices de crimes na região.

Uma das prisões aconteceu no último dia 6, quando foi preso Rogério Pereira Braga, de apelido “Caga”, acusado de assaltar, com uma arma de fogo, a vítima Antônio Ronivaldo Borges Pereira. Durante o crime, o bandido efetuou um disparo na cabeça da vítima, que foi socorrida e levada ao Hospital Municipal de Salinópolis, ainda consciente. Aos familiares, a vítima revelou que o autor do crime foi Rogério. A informação ajudou os policiais nas buscas e na prisão do acusado. O delegado Saullo Patrício, da Delegacia de Salinópolis, lavrou o flagrante por tentativa de latrocínio. A vítima foi transferida para o Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência, onde permanece internada.

O juiz da Comarca, Eduardo Rodrigues de Mendonça Freire, converteu a prisão em flagrante em preventiva. Rogério está recolhido à disposição da Justiça. No dia seguinte, Anderson da Fonseca Santa Brígida e Elton Gustavo Costa Nascimento foram autuados em flagrante após assaltar Gilcelli de Castro dos Santos de quem foram roubados objetos e dinheiro, que foram recuperados e devolvidos à vítima. Na continuidade da operação, no último domingo, outra prisão aconteceu. A acusada é Rosemeri Souza dos Santos flagrada enquanto tentava transportar uma quantidade de maconha no próprio corpo. A droga seria levada ao filho da acusada que está recolhido no presídio CRSAL (Centro de Recuperação Regional de Salinópolis).

O presidiário responde por tráfico de drogas. A mulher foi autuada pelo crime de tráfico de drogas. Ainda, no domingo, foi preso em flagrante Madson Araújo de Oliveira, conhecido por “Tatuzinho”, acusado de ter furtado um computador, tipo notebook, e um telefone celular de dentro de uma casa. Após investigações, o acusado foi identificado e preso por agentes das Polícias Civil e Militar, após ter cercada sua residência. Ao ser abordado, Madson Oliveira ainda reagiu, mas foi dominado e conduzido à Delegacia. Ele foi autuado em flagrante pelo crime de furto. Os bens furtados da vítima foram recuperados e entregues ao dono.

Segundo os policiais, “Tatuzinho” já vinha praticando vários crimes na cidade, principalmente, no bairro Nova Brasília, onde há várias ocorrências contra ele. Após a prisão, várias vítimas procuraram a Delegacia para reconhecê-lo. Outro flagrante realizado, ainda no domingo, foi de Rodrigo da Silva Vieira preso enquanto estava comercializando drogas às proximidades de uma sede dançante. Ele foi abordado por policiais que, durante busca pessoal, encontraram certa quantidade de entorpecentes em um de seus bolsos. Também foi apreendida a quantia de R$ 299 em dinheiro. Em interrogatório prestado ao delegado Saullo Patrício Andrade, Rodrigo confessou que estava traficando há dois meses entorpecentes e o dinheiro apreendido era proveniente da venda de drogas. Diante disso, foi lavrado auto de prisão em flagrante delito pelo crime de tráfico de drogas com base no artigo 33, da lei 11.343/06.

RESPONDER COMENTÁRIO