Pará e Maranhão vão ao pódio na Corrida do Sal de 2012

491

A paraense Risonete dos Santos venceu a prova pela primeira vez

A ala masculina da Corrida do Sal, mais uma vez, teve de assistir 8,2 quilômetros de um dos balneários mais belos do Pará ser dominado por um maranhense, mas, entre as mulheres, o Pará voltou ao alto do pódio. Pelo segundo ano consecutivo, Adelson Rodrigues, ficou em primeiro lugar, mas, após a desclassificação da também maranhense Larisse Nascimento por ter ‘cortado caminho’, a papa-chibé Risonete dos Santos foi quem teve a oportunidade de receber a medalha de ouro.

Adelson Rodrigues, que foi o campeão de 2011 e vem se destacando nas provas de corrida de rua do Pará, fechou a Corrida do Sal 2012 com o tempo de 20 minutos e 29 segundos e recebeu R$ 300, além de uma moto zero quilômetro como prêmio.

 

 

Assim também aconteceu com a paraense Risonete dos Santos, que foi campeã pela primeira vez da prova, é a vice-campeã das milhas de rua de Belém, e, há seis anos, participa do projeto paraense Bolsa Atleta. Ela chegou com o tempo de 30 minutos e 24 segundos. Em relação a Larisse Nascimento, que seria bicampeã consecutiva da Corrida do Sal, a vice-presidente da FPAt (Federação Paraense de Atletismo), Sandra Malcher, explicou que a corredora se confundiu com uma moto e acabou seguindo por um trajeto errado. ‘Ela foi desclassificada por conta disso e a Risonete foi quem ficou com o título’, ressaltou.

A Corrida do Sal  uma realização do jornal O Liberal, com patrocínio de Yamada, Banpará e Unimed Belém, e apoio de Boulevard Shopping, Invencível Veículos, Eletromóveis, Sesc e ChipTiming.

Cerca de 250 pessoas foram envolvidas no evento, incluindo agentes de trânsito, médicos e enfermeiros, oficiais do Corpo de Bombeiros, Polícia Militar e Polícia Rodoviária Estadual, técnicos da Federação Paraense de Atletismo e auditores da Chip Timing, empresa responsável pela cronometragem e classificação oficial de todas as categorias da prova.

Ao todo, as ORM (Organizações Romulo Maiorana) distribuíram cerca de R$ 17 mil em premiações, com as duas motos zero quilômetro, dadas aos vencedores no geral das categorias masculino e feminino, além de quantias de R$ 300 (1º lugar), R$ 200 (2º lugar) e R$ 100 (3º lugar) para os primeiros de cada categoria dividida por faixa etária.

 

Carlos Fellip (Portal ORM)
Fotos: Tarso Sarraf (O Liberal)

RESPONDER COMENTÁRIO