Como se relacionar com o mundo e ser Vitorioso.

71

O ser humano, esta o tempo todo em contato com as coisas do mundo, porém deve saber discenir as coisas que lhe farão bem e as que lhe farão mal, quando vivenciamos algo isso fica registrado em nosso cérebro e é quase impossível de ser deletada, pois a mente não é reprogramável. Então como manter puro os nossos caminhos no meio de um mar de imundícias que insistem em bater em nossa porta e na maioria das vezes nem pedem licença para entrar e sim invadem nossa casa, mente e coração.

 

1 João 2:15-16 “Não ameis o mundo nem as coisas que há no mundo. Se alguém amar ao mundo, o amor do pai não está nele; Porque tudo que há no mundo, a concupiscência da carne, a concupiscência dos olhos e a soberba da vida, não procede do pai, mas procede do mundo”.

 

Vamos falar de MÚSICA SECULAR E FILMES, oque devemos ouvir e assistir, ou melhor o que podemos  ouvir e assistir.

 

Lucas 6:45O homem bom tira coisas boas do bom tesouro que está em seu coração, e o homem mau tira coisas más do mal que está em seu coração, porque a sua boca fala do que está cheio o coração”.

 

A música tem o poder de aumentar a quantidade dos frutos do Espírito em sua vida, citados em Gálatas 5:22-23 “ Mas o fruto do espírito é: Amor, Alegria, Paz, Longanimidade, Benignidade, Bondade, Fidelidade, Mansidão, Domínio Próprio. Contra estas coisas não há lei.”

 

Este tema procura dar um alerta com relação à influência da música e filmes na nossa vida. Eles tem a capacidade de eternizar pessoas e momentos importantes pelos quais passamos. Entretanto, poucas vezes eles passam despretensiosamente. Da mesma forma que podem nos aproximar de Deus, também podem nos afastar dele. Por isso, precisamos ser cautelosos, pois a música pode influenciar nossos atos para o bem ou para o mal, sem que nos apercebamos. Se a influência for completamente descuidada, é possível chegar a ponto de a música tornar-se um vício, e daí ela terá o controle sobre a vida. São necessárias comunhão com Deus e sabedoria do Espírito Santo para fazer boas escolhas.

 

Porque não tomar algumas decisões hoje sobre o que você costuma ouvir e assistir?

 

A música secular (que não tem qualquer relação com religião), não é necessariamente má. De que tipo de música você gosta? Ninguém pode decidir por você o tipo de música que você prefere. Mas pode ter certeza de que as músicas que aprende agora estarão guardadas para sempre no banco de dados de sua memória.

 

Salmo 19:14Que as palavras da minha boca e a meditação do meu coração sejam agradáveis a ti, Senhor, minha Rocha e meu Resgatador!”.

 

Filipenses 4:8Finalmente, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é respeitável, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se alguma virtude há e se algum louvor existe, seja isso o que ocupe o vosso pensamento”.

 

Enquanto você busca sabedoria ao formar seus hábitos do que ouve e vê.

 

Hebreus 12:1-2 “Portanto, também nós, uma vez que estamos rodeados por tão grande nuvem de testemunhas, livremo-nos de tudo o que nos atrapalha e do pecado que nos envolve, e corramos com perseverança a corrida que nos é proposta, tendo os olhos fitos em Jesus, autor e consumador da nossa fé. Ele, pela alegria que lhe fora proposta, suportou a cruz, desprezando a vergonha, e assentou-se à direita do trono de Deus”.
Provérbios 4:23Acima de tudo, guarde o seu coração, pois dele depende toda a sua vida”.

 

Não existe filme neutro. Todos ensinam alguma coisa, boa ou ruim. Como vivemos no reino das trevas, a probabilidade de que haja mais coisas ruins do que boas é muito maior. Por trás de cada filme existe uma mensagem. E quer queira quer não, a mente a absorverá. E uma vez ali gravada, influenciará o comportamento, a postura e a linguagem. As pessoas desta geração são tremendamente influenciadas pela mídia. Elas falam, agem e pensam muito mais do que imaginam, refletindo o que assistem na TV e no cinema.

 

Não deveria ter muita importância se a trama do filme é monótona ou não. O que deve importar mesmo é a mensagem. Jesus não contava parábolas para entreter, e sim para comunicar uma mensagem.

 

Romanos 12:2. Não se amoldem ao padrão deste mundo, mas transformem-se pela renovação da sua mente, para que sejam capazes de experimentar e comprovar a boa, agradável e perfeita vontade de Deus.
CONCLUSÃO: A prosperidade e o que chamam de vencer na vida, depende exclusivamente das nossas escolhas do dia a dia, para cada ação que eu faça existe uma reação isso é a lei da física e a lei de Deus diz que tudo o que eu plantar eu também vou colher, por esta razão que devemos fazer as escolhas corretas, optar por coisas que venham a nos edificar, acrescentar coisas boas ao invés de optar por coisas que só vão nos prejudicar, destruir nosso corpo, mente e relacionamentos.

Somos transformados pela contemplação, depende de nós se vamos tentar contemplar apenas as coisas que Deus gostaria que contemplássemos. Através da constante comunhão com Ele, Deus nos levará na direção certa. Cada vez que tiver que tomar uma decisão em relação a algum filme ou música ou qualquer outra coisa, ore sobre isso e Deus que é fiel lhe mostrará o que você deve fazer. Que Deus lhe Abençoe!

 

(Artigo revisto e atualizado por Alan Pereira)

RESPONDER COMENTÁRIO